marketing in music business

As Editoras: afinal para que servem?

Afinal de contas, nos dias de hoje, para que serve uma editora para uma qualquer banda de música?

Pois, a resposta devia ser linear mas não é.

DIFICULDADE (ou resistência?) EM INVESTIR

Não há parcerias standard, nem salvaguardas aos artistas ou garantias de retorno para quem investe.

Ter um contrato com uma editora implica um sem número de obrigações e “abdicações” por parte dos artistas. Implica também investimento e trabalho (logo, obrigações) por parte da editora.

E, na realidade, com a era digital e a reduzida venda de cds (que significa consequentemente menos verbas/lucros para uma editora), é cada vez mais difícil uma editora aventurar-se a investir em novos nomes.

É o reverso da medalha, se assim quisermos. É tão mais fácil para um artista divulgar a sua música online (pelo menos aparente e logisticamente), como para uma editora é difícil acreditar que aquele artista vai vender o suficiente para justificar o investimento necessário para assigná-lo.

MARGENS das EDITORAS

Há milhares de cláusulas possíveis e de acordos passíveis de serem colocados em papel.

De recordar que tudo o que tem o nome/marca da banda/artista significa uma margem para a editora que o representa. E este é um elemento fulcral em qualquer contrato actual pois as vendas dos albuns físicos são desanimadoras.

Margens e lucros sobre merchandising, concertos, contratos publicitários associados, parcerias criativas, eventos especiais, etc

POR OUTRO LADO

Por outro lado, as editoras têm a obrigação do investimento a seu cargo. Investimento no processo de distribuição dos cds físicos, de contratos com promotores, de comunicação e marketing, etc.

A área da comunicação e marketing é um assunto que muito nos levaria a escrever e dissertar (muito provavelmente em próximos posts).

As editoras têm também a responsabilidade de encontrar verba para financiar tours dos artistas. São as tours que garantem parta da comunicação junto de públicos mais vastos e potencialmente mais interessados em ouvir.

DIREITOS DE AUTOR + ROYALTIES

Ahhh e os direitos de autor? Complicado de gerir!

Os direitos de autor representam uma fatia considerável das remunerações dos artistas, pelo que devem ser devidamente acautelados. Acautelados pelos próprios artistas, pois caso contrário, podem perder o direito a usar a sua própria criação e a poder reclamá-la como sua.

A adicionar os royalties sobre o uso da imagem e nome. Percentagens estas que devem ser discutidas e negociadas para garantir a sustentabilidade do investimento da editora e as relativas dependência e satisfação do(s) artista(s).

O ESTÚDIO

É comum ouvirmos ou lermos que as gravações e produções são realizadas pelos próprios artistas. Artistas que improvisam um estúdio caseiro, investem num espaço capaz de colmatar as necessidades de gravação ou alugam um estúdio já com profissionais que colaboram na produção dos produtos criativos.

Esta era também uma função da editora “antigamente”, que se perdeu com a modernização dos tempos e a evolução das tecnologias disponíveis. Inclusivé, era um dos argumentos mais comuns para “cobrar” ou garantir algum tipo de adiantamento por parte dos artistas.

Existem dezenas de pormenores e assuntos a definir nestes contratos. Os pontos que mencionámos são apenas alguns dos que definem a relação sinérgica que existe entre artistas e editoras.

Porém esta sinergia perde-se sempre que existe a vontade de retirar o maior partido possível no momento, sem pensar a médio prazo. Perde-se também sempre que existem canais bloqueados ou preenchidos no caminho de novos nomes que tentam a sua sorte.

Algumas fontes:

All you need to know about the Music Business

NARIP

Românticas? Talvez. Deve-se ao facto de termos nascido nos finais de ’70, início de ’80.

By Carina Silva e Débora Pereira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s